PolêmicaReligão

Urgente! Presidente da Assembléia de Deus que leiloou igrejas aceitou deixar o cargo

A informação passou a circular na cidade de Maringá - PR, acompanhada de uma convocação extraordinária

A Assembleia de Deus em Maringá, à 425 KM de Curitiba no Paraná, parece estar perto de viver um novo tempo em sua administração.

Na manhã desta Sexta-Feira (13), que o pastor Robson Brito, atual presidente do campo eclesiástico da AD de Maringá, finalmente aceitou ser remanejado para outro campo.

O CPP (Conselho de Pastores Presidentes) se reuniu nesta quinta (12), através da CIEADEP (Convenção das Assembleia de Deus no Estado do Paraná) e deliberou sobre o caso que vem ocorrendo no campo de Maringá.

As denuncias apontam que o pastor Robson Brito teria levado a igreja à falência. As dívidas podem ultrapassar a casa de R$12 milhões de reais, o que forçou uma situação em que os prédios estão sendo leiloados, para que as dívidas possam ser pagas.

Depois de anos sofrendo com o caos financeiro em que a igreja se encontra, os fiéis começaram a tomar a atitude de se manifestar contra a presidência da igreja, cobrando explicações de o que estaria sendo feito com os recursos financeiros da instituição.

Na última semana, um pastor ligado a Brito, passou maus momentos durante um culto, quando os fiéis o pressionaram a explicar onde estaria o dinheiro da igreja.

O Ministério Público Estadual foi acionado, e Robson Brito foi convocado para uma reunião. Ele foi pressionado pelo promotor Maurício Kalache a permitir uma auditoria nas contas da igreja, o pastor ignorou, e irritado, chegou a sair da sala durante a reunião.

No entanto, o CCP parece ter conseguido convencer Brito a abrir mão do campo de Maringá. Ele concordou com o prazo de 30 dias para deixar o cargo, tempo em que a CIEADEP já trabalha na escolha de um substituto.

Ainda não ficou claro para onde Brito será remanejado, situação que deixa todos os campos ministeriais no interior do estado, em absoluto alerta.

Quem quer ter como pastor alguém que já levou um campo inteiro a falência?

Para este sábado, Brito já convoca os pastores e obreiros para comunicar oficialmente a sua decisão.

Tags
Mostre mais

Artigos relacionados

Comentários no Facebook

Fechar