Lula participa de cerimônia indígena para “fechar o corpo”

O ex-presidente Lula participou de um “ritual de proteção”, realizado por representantes de mais de 20 etnias, incluindo diversos pajés.

O evento foi na quinta-feira, 15, em Salvador, no Fórum Social Mundial, mas somente agora as imagens foram reveladas, noticiou o Estado de São Paulo.

Segundo o jornal, o objetivo da cerimônia seria “afugentar o fantasma da cadeia que o atormenta”, recebendo, ao som de cânticos e chocalhos, uma fumaça ritual que garantiria proteção espiritual sobre seu corpo.

Os líderes indígenas também lhe apresentaram uma pauta de reivindicações dos povos indígenas, onde a prioridade é a demarcação de territórios.

Condenado a 12 anos e um mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no processo do triplex do Guarujá, o petista está atualmente no Rio Grande do Sul.

Assista:

Veja Também:

Veja Também

Turquia usa provas falsas para manter pastor preso sob acusação de ‘terrorismo’

O pastor Andrew Brunson começou a ser julgado na última segunda-feira, 16. Veja Também: Pastor ...

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: