ReligãoÚLTIMASVideo

Igrejas são queimadas na Índia, em nova onda de intolerância contra cristãos

Três templos foram alvos de incêndios criminosos em seis semanas

Três igrejas foram incendiadas em seis semanas no estado de Tamil Nadu, no sul da Índia. Trata-se do maior número de ataques contra cristãos neste ano, parte de uma nova onda de intolerância religiosa por parte dos extremistas hindus.

O templo de uma dessas igrejas, em Seekanankuppam, foi vítima de um incêndio criminoso depois que os cristãos se recusaram a doar para um festival hindu anual. Os membros da Igreja do Reino de Deus voltavam para casa depois de um culto noturno dia 11 de junho quando foram avisados que seu prédio fora incendiado.

O pastor Arul Ruben, de 37 anos, disse que correu para o local, mas em 20 minutos, o fogo já havia se espalhado pela estrutura de madeira e palha e não conseguiram apagar. Somente quando os bombeiros chegaram as chamas foram controladas, porém era tarde demais.

Segundo o pastor, os hindus radicais da aldeia ficaram furiosos após nenhuma das 25 famílias cristãs que frequentavam sua igreja aceitaram contribuir para o tradicional festival hindu realizado em maio. “Eles humilharam os cristãos e ameaçaram destruir a igreja se nós não contribuíssemos para a celebração anual de sua divindade”, relata.

Ouro caso foi em Puducherry, onde a Igreja Presbiteriana da Bíblia desabou em chamas dia 25 de maio. O pastor David Santosham explica que a polícia nada fez para encontrar e punir os culpados. “Estamos tentando construir a igreja pela graça de Deus”, mas as condições financeiras dos membros são bastante limitadas.

Em Thiruvannamalai, o prédio da Igreja Cristã do Advento foi queimada dia 5 de maio. O pastor Govrathnam Anbarasan explica que o ataque veio após eles terem feito uma Escola Bíblica de Férias para crianças. Muitas aceitaram a Jesus e isso enfureceu os fundamentalistas hindus.

“Como o telhado era feito com folhas de coqueiro, o fogo se espalhou facilmente em curto espaço de tempo. Desde então estamos adorando ao ar livre, sob uma tenda improvisada. Nós não temos recursos suficientes para reconstruir a igreja”, explica.

A Índia não está entre os 10 países que mais perseguem cristãos, segundo o ranking anual da missão Portas Abertas. Contudo, um estudo do Pew Research Center sobre as restrições globais à religião, indica que o país, desde 2016, está entre os que possuem os níveis mais altos de hostilidade religiosa sancionadas pelo governo.

Com informações de Morning Star

Tags
Mostre mais

Artigos relacionados

Comentários no Facebook

Fechar