Um dos ramos da Igreja Presbiteriana nos Estados Unidos vem se tornando uma denominação progressista nos últimos anos, com acenos à teologia inclusiva e outras “inovações” doutrinárias. Agora, uma congregação da denominação usou um drag queendurante uma aula sobre o “mês do orgulho LGBT” para crianças.

drag queen que falou sobre a celebração LGBT no culto de domingo da Igreja Presbiteriana de Mount Auburn de Cincinnati, em Ohio, é o zelador do templo. Dan Davidson se vestiu com um vestido roxo, maquiagem, salto alto e “uma barba de glitter” e ficou na porta cumprimentando os visitantes e membros.

A celebração foi iniciada com a música God Welcomes All (“Deus saúda a todos”, em tradução do inglês) interpretada pelo coro da igreja. Em seguida, Davidson foi ao púlpito ainda vestido como drag queen e leu o livro Pride: The Story of Harvey Milk and the Rainbow Flag (“Orgulho: a História de Harvey Milk e a Bandeira do Arco-Íris”) para o público presente.

De acordo com informações da emissora Christian Broadcasting Network (CBN News), o livro tem foco infantil e as crianças presentes no culto sentaram-se nas primeiras fileiras.

“Harvey sonhou que todos – até mesmo os gays – teriam igualdade”, disse Davidson . “Ele sonhou que um dia as pessoas poderiam viver e amar como quisessem”, acrescentou, comentando o livro sobre o movimento LGBT.

A decoração do templo foi feita com bandeiras do movimento LGBT, e velas coloridas foram acesas nos corredores. Antes, Davidson tinha se apresentado como drag queen em Seattle, Washington, antes de se mudar para Ohio no mês passado, segundo o jornal local The Enquirer.

Depois da leitura do livro, um homem que acompanhava a celebração se levantou na plateia e relatou a história de sua decisão em se assumir homossexual.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here