Em clima de campanha, Meirelles é apresentado em igreja como “milagreiro”

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles (PSD), esteve nesta sexta-feira (5) em um evento da igreja evangélica Sara Nossa Terra, em Brasília.

Ele foi apresentado como o responsável pelo “maravilhoso milagre da economia brasileira”. Em um breve discurso, nada modesto, o ministro disse que seu trabalho foi fundamental para a melhora dos indicadores econômicos. Afirmou ainda que está fazendo um “esforço enorme” para que o cenário favorável continue, e que fez “algumas coisas básicas” para botar o país e a economia “em ordem”.

Diante dos milhares de fiéis, afirmou que está “fazendo reformas fundamentais, visando a modernização da economia brasileira” e que o Brasil já saiu da “maior crise da história do Brasil”, herança do governo da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). Por fim, defendeu a importância da reforma da Previdência.

Depois de sua fala, participou da oração e recebeu a “bênção” dos integrantes da igreja, que intercediam pelo “futuro” do país. À imprensa, Meireles, que é cogitado como candidato à sucessão de Temer, comemorou: “A energia que senti quando entrei aqui é exatamente isso que o Brasil precisa agora, para que possamos levar o país na direção certa”.

Milagre?

No culto, a introdução de Meirelles ficou a cargo de Flávio Rocha, presidente do grupo Riachuelo e do Instituto para Desenvolvimento do Varejo (IDV). O empresário, que faz parte da igreja, classificou o ministro como o condutor do “maravilhoso milagre da economia brasileira”.

Rocha, declarou que as mudanças na economia do país é algo “extremamente profético para o ano de 2018” e que os cristãos devem “orar e pedir, porque sabemos que ideias erradas na economia sempre trazem valores errados”. Finalizou dizendo: “Peço a Deus que em 2018 tenhamos a lucidez de colocar no poder homens públicos que agreguem boas ideias na economia e a reconstrução dos valores morais”.

A igreja Sara Nossa Terra é liderada pelo bispo Robson Rodovalho, que já foi deputado federal. Antes da introdução de Meirelles, o bispo questionou os presentes: “Quantos aqui oram para que a gente tenha um Brasil vencedor?”

A aproximação com evangélicos é vista como estratégica. É a terceira vez que Meirelles participa de eventos em igrejas evangélicas. No ano passado, participou da comemoração dos 106 anos da Assembleia de Deus em Belém (PA) e dois meses depois esteve em Juiz de Fora (MG) para novo encontro com membros da mesma igreja. Ele também já gravou um vídeo pedindo orações pela economia brasileira aos integrantes da Assembleia de Deus. 

Com informações Estadão

Veja Também:

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: